Muitos programadores têm escolhido MEAN em vez de LAMP para desenvolver, e há motivos sólidos para tal…

Quatro ferramentas que simplificam a criação de websites e aplicações, todas interligadas entre si!

Sempre que alguém desenvolve um website, trabalha de forma directa ou indirecta com uma pilha de desenvolvimento LAMP para construir o seu produto. Sempre foi a escolha principal de muitos programadores até ter surgido a pilha MEAN com o mesmo efeito. Como tal, aquilo que se tem visto é uma rápida adopção deste novo suporte para desenvolver a próxima grande ideia. Mas o que vem a ser o MEAN, e qual o motivo da sua imensa popularidade?

Mudei para um serviço de correio electrónico diferente, para desenjoar um pouco…

GMX

Ainda me lembro do meu primeiro endereço de correio electrónico criado na altura em que o Hotmail era o mais recente dos concorrentes desta área. Depois surgiu o Gmail através da Google, que tem vindo a acumular em si cada vez mais serviços. Para que não fique para trás, o Hotmail passa a ser Outlook e ganha ainda mais funcionalidades. Quando damos por isso, deixámos de ter uma conta que serve apenas e só para correio e passamos a ter uma conta universal para todo o tipo de porcarias desnecessárias. Podermos simplificar as coisas e ter apenas uma conta de correio, será pedir muito?

Basta pedir com jeitinho, que a AMD resolve as falhas…

A versão mais recente da Radeon Settings, com suporte às APUs Ryzen

Há bem pouco tempo resolvi comprar um laptop Hewlett-Packard equipado com os novos processadores AMD Ryzen com gráfica Radeon Vega embutida, e não tenho tido motivos de queixa nem dúvidas sobre todo o potencial desta combinação. No entanto, grande parte da comunidade que utiliza estes mesmos processadores insurgiu-se pelo facto de não estar a ser dada a mesma atenção que é dada aos homónimos para desktop. Felizmente, esse problema chegou agora ao fim.